BEM-VINDO AO BLOG DE ELIANA BELO
Arquivo virtual de História, Memória e Patrimônio de Indaiatuba (SP) e região.*

Este blog só é viável com o auxílio de vários colaboradores; seja um também, divulgando seu (s) texto (s) ou imagem (ns).

CITE A FONTE ao fazer uso de textos ou imagens publicados neste blog; grande parte do material foi cedido generosamente por colaboradores.

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Eleições em Indaiatuba: o que os programas de governo citam sobre a preservação da nossa história, memória e patrimônio material e imaterial.

Este post tem como objetivo oferecer informações para que se analise o futuro da História, da Memória e do Patrimônio material e imaterial de nossa Indaiatuba, tendo como base os Programas de Governo oficiais (que foram apresentados e registrados no cartório eleitoral) dos cinco candidatos à prefeito que estão competindo nessa eleição municipal de 2016, a saber (por ordem alfabética): Bruno Ganem (43), Emanuel Messias (33), Gervásio Silva (14), Nilson Gaspar (15) e Rinaldo Wolf (13).


BRUNO GANEM (43)

O programa de governo do candidato Bruno Ganem é o único que possui um capítulo específico para a Fundação Pró-Memória de Indaiatuba, que começa relacionando às ações propostas com a Agenda 2030 da ONU*, citanto o  item 11.4  desse tratado internacional:


Fortalecer esforços para proteger e salvaguardar o patrimônio cultural e natural do mundo.

Em seguida apresenta as seguintes ações:
  • Consolidar a mudança estrutural dos arquivos: permanentes, intermediário e biblioteca para a “Casa da Memória” (futura sede da FPMI). 
  • Com essa ampliação, adequar os recursos humanos, revisando e criando cargos técnicos.
  • Manter a sistemática de inclusão e/ou incluir todas as Secretarias, Departamentos, Autarquias municipais que ainda não estejam integradas no Sistema de Arquivo Público do Arquivo Intermediário da FPMI.
  • Facilitar e incentivar a integração e recepção de demais organizações públicas ou privadas no que tange à transferência e doação de fragmentos de história e memória para a FPMI.
  • Prover ações aplicáveis aos patrimônios históricos já tombados e em fase de indicação para tombamento; entre outras ações: 
  • (1) rever a Lei sobre Tombamento;
  • (2) fazer reserva no Fundo da FPMI para fazer manutenções nos bens tombados e;
  • (3) equipar o Conselho de Preservação com profissionais técnicos.

EMANUEL MESSIAS (33)

Nada consta.



GERVÁSIO SILVA (14)

Nada consta.



NILSON GASPAR (15)

  • Dar continuidade e intensificar os projetos de educação ambiental e cultural no Museu da Água.

RINALDO WOLF (13)

O programa de governo do candidato Rinaldo cita a Fundação Pró-Memória de Indaiatuba no capítulo "Cultura, Pró-Memória e Preservação Histórica" e apresenta as seguintes ações:

  • Utilizar o Museu da cidade, abrigando exposições e outros eventos, incentivando a valorização da memória da cidade;
  • Preservar e Restaurar os Prédios Históricos e Tombados pelo Patrimônio Público;
  • Preservar e reconstruir a Tulha do Casarão Pau Preto, integrando seus espaços;
  • Preservar o Museu Ferroviário de Indaiatuba.

.....oooooOooooo.....


Nota 1: A Agenda 2030 da ONU é um dos tratados das Nações Unidas da qual o Brasil é signatário. Trata-se de um plano de ação com 17 itens subdivididos em várias metas que devem ser implementadas não só pelos países, mas pelas partes interessadas de maneira colaborativa.
Conheça mais sobre a  Agenda 2030 da ONU aqui. 

Nota 2: Para escolher seu candidato, leia os programas de governo de cada um e considere quem é de "coligação" ficha limpa e quem é de "coligação" ficha suja.


OFICINA GRATUITA NO CASARÃO: Introdução à Arte Sacra: do Concílio de Trento ao Vaticano II

A oficina pretende apresentar elementos introdutórios capazes de elucidar as principais modificações ocorridas no seio da Igreja Católica Romana entre o Concílio Ecumênico de Trento (1545-1563) e o Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965), no que se refere à produção artística sacra e à arquitetura e ambientação dos espaços celebrativos, tanto no mundo europeu quanto brasileiro. Serão abordados fundamentos de cunho histórico, litúrgico, artístico e iconográfico que levem os participantes a uma melhor compreensão do tema, em suas múltiplas abordagens.
Data: 08 de outubro de 2016
Horário: 9h às 12h - 14h às 17h
Local: Rua Pedro Gonçalves, 477 – Jardim Pau Preto – Indaiatuba/SP (Casarão Pau Preto).

POSTAGENS MAIS PROCURADAS - Última semana

Indaiatuba - A cidade que tem um urubu de estimação

Indaiatuba - A cidade que tem um urubu de estimação
Ave silvestre foi domesticada e atualmente voa livremente pela cidade, pousando em logradouros públicos, tornando-se conhecida e querida pelos indaiatubanos. Ajude a preservar!

Pelo reconhecimento das diferenças que existem entre nós. Só assim teremos oportunidades iguais!

Pelo reconhecimento das diferenças que existem entre nós. Só assim teremos oportunidades iguais!
Datas alusivas despertam a consciência pois estimulam a reflexão. Não faça uso da borracha preconceituosa que tenta apagar as diferenças. Pelo contrário! Reconheça as diferenças e valorize cada diversidade. Parafraseando Boaventura de Sousa Santos: “temos direito a reivindicar a igualdade sempre que a diferença nos inferioriza e temos direito de reivindicar a diferença sempre que a igualdade nos descaracteriza.”

SEGUIDORES